A esperança é a primeira que morre

explosaocontida2Aos desavisados que acreditam que a tecnologia disruptiva vem nos salvar, subtituindo o trabalho do ser humano por máquinas, livrando-nos das agruras do cotidiano para, simplesmente, dar-nos tempo para viver, sinto dizer que esse discurso é uma falácia.

Pois, os efeitos degradantes da mudança climática somados a crescente centralização das riquezas apontam para a elitização genética da sociedade (sim, o ser humano pode ser geneticamente modificado e viver mais tempo e melhor se adaptar ao inóspito mundo novo. Mas não pense que isso vai acontecer comigo ou com você. Já assistiu Ellysium?) e a consequente eliminação de grande parte da população mundial (não existe condição para a vida de 9 bilhões de pesssoas comuns).

Enfim, esse processo louco que estamos vivendo só vai piorar. Temos que resistir para, pelo menos, manter a esperança.