Mudanças significativas

fogoemtimocharis2
Desde que entrei na Internet busquei pelas rupturas paradigmáticas. O que fazia desta tecnologia algo tão revolucionária? Foram muitas respostas e muitas ilusões que me fazem sempre repensar o futuro.
 
A velocidade que esta tecnologia foi internalizada na sociedade superou o fogo, uma tecnologia muito mais básica e útil. No entanto, as conexões nos fazem mais humanos. Podemos nos ligar às pessoas de uma forma nunca vista. E isso não é pouco. Faz uma diferença fundamental. Em 20 anos de Internet estamos completamente mediados pelas tecnologias de comunicação e informação. E, desta maneira, o acesso as redes deve ser um ato de cidadania. Deve ser um direito como a água e a eletricidade.
 
Assim como o acesso ao código fonte. Estamos mediados por uma quantidade de códigos que direcionam a vida das pessoas comuns. A expansão da ideologia do software livre traz uma luz da liberdade. Toda essa ideologia livre é fruto de uma nova ética que emerge a partir do movimento hippie e se desenvolve nas universidades americanas, no vale do silício e em outros enclaves mundo afora. A ética hacker começa a dar sustentação a um novo modelo calcado nas novas possibilidades que as tecnologias abarcam. Palavras como colaboração, gambiarras, hub, redes sociais, ubiquação, viralização, comunidades têm origem na ética hacker e se transformaram em vetores pela liberdade.
 
Mas estes conceitos não conversam muito bem com a velha estrutura capitalista. Porque o capital tende a cooptar todas as formas de contradições. Sua estrutura faz as conexões das redes se transformarem em spam, mais um apelo para o marketing e da faz da multidão uma exploração para o branding. No entanto, nada que se emprega como marketing digital tem um resultado efetivo. É sempre algo que se corrói enquanto a consciência de estar em rede expande. Posso afirmar que o marketing vai mal, gracias!!!
 
Toda esta reflexão não serve pra muita coisa. Pois, precisávamos de mudanças significativas para enfrentar as rupturas descontroladas do futuro. Temos um planeta para salvar e da forma que enfrentamos o problema necessitamos mais do que as novas tecnologias para encontrar a solução. Por enquanto, só temos as gambiarras à mão… e não é pouco.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s