Elogios desnecessários

4483457-highFaz um tempo resolvi mudar alguns padrões de vida. A simplicidade passou a ser mais relevante do que o consumismo exacerbado. Talvez tenha me sentido forçado a modificar meus hábitos. Mas, o consumo nunca fez minha cabeça. Gosto de coisas boas, o que não significa que preciso ter tudo o que vejo pela frente. A posse é a inimiga da perfeição. Sou um anarquista utópico e, imagino um mundo onde a propriedade seja um mero detalhe pra sociedade.

Ando de bike como meio de transporte. É lógico que uso o transporte público em geral. Adoro combinar a bike com o metro para ir bem mais longe. Nessas peripécias do dia a dia, ando por ciclovias, ruas, subo ladeiras e o vento bate na minha cara quando corro loucamente nas decidas. Uma emoção sem igual.

Eventualmente, recebo os elogios de motoristas. Sou chamado de amigo do Haddad, vagabundo, ptralha e muita coisa mais. As vezes, sou até ameaçado ou simplesmente desrespeitado no meu direito de ciclista. Nem entendo o porquê. Nem conheço o figura. Mas acho que a ideia da ciclovia é uma visão de futuro. Aliás, as ciclovias estão cada vez mais lotadas. Milhares de pessoas fazem o mesmo. Abandonaram os produtores de CO em casa e passaram a pedalar. Todos amigos do Haddad… que bobagem 😉

Anúncios

Uma resposta em “Elogios desnecessários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s