Hacker

matrix

A cultura hacker é o que os antropologos chamam de cultura de doação. Você ganha status e reputação não por dominar outras pessoas, nem por ser bonito, nem por ter coisas que as pessoas querem, mas sim por doar coisas. Especificamente, por doar seu tempo, sua criatividade, e os resultados de sua habilidade.

Como a maioria das culturas sem economia monetária, a do hacker se baseia em reputação. Você está tentando resolver problemas interessantes, mas quão interessantes eles são, e se suas soluções são realmente boas, é algo que somente seus iguais ou superiores tecnicamente são normalmente capazes de julgar.

O Jargon File contém um monte de definições do termo “hacker”, a maioria deles tendo a ver com aptidão técnica e um prazer em resolver problemas e superar limites. Se você quer saber como se tornar um hacker tenha sempre em mente:

  1. O mundo está repleto de problemas fascinantes esperando para serem resolvidos.

  2. Não se deve resolver o mesmo problema duas vezes.

  3. Tédio e trabalho repetitivo são nocivos.

  4. Liberdade é uma coisa boa.

  5. Atitude não substitui competência.

Ser Hacker independe do conhecimento inerente da computação. Faz mais sentido pensar no artífice, naquele que faz e na criatividade catalisada pelas redes.

mais info How to become a hacker

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s