Marketing Hacker

maos_004
As pessoas conversam, criam a reputação e aparecem para o mundo. As empresas continuam caladas. Dizem estar esperando, mas ele não sabem o que falar. Empresas não conversam. (…) Ficam escondidos por trás do firewall corporativo. Assim, não vão muito longe. O silêncio é fatal.

A internet é uma mídia fenomenal. Mas só para quem tem paciência e conhecimento dos meandros da rede. Os resultados aparecem para que sabe conversar. Pense a longo prazo… o tempo da web é rápido… #marketinghacker 22/08/2001

No futuro seremos todos hackers: A revolução vem tomando corpo, ensinando a nova geração a compartilhar conhecimento. Estamos sentindo esta mutação. As vozes das pessoas estão cada vez mais altas. As pessoas sabem que precisam se desvelar. Mostrar a cara para a vida. Gritar, se revoltar, mas, principalmente, participar. Estamos inseridos num momento histórico, um enorme movimento de colaboração. Brasileiros e Brasileiras, esta é a nossa chance de protagonizar a nossa história. #marketinghacker 15/09/2003

Cultura hacker: A cultura hacker implodiu os paradigmas impostos pela revolução industrial. Os hackers criaram uma tecnologia livre que conecta pessoas, que diminui as distâncias e que catalisa as conversações. #marketinghacker 01/09/2006

(…) todo esse processo que é ‘a metareciclagem’ nos remete a idéia de inquietude potencializada. Potência de querer transformar, de engajamento no espaço informacional. De apropriação e replicação das relações tranformadoras. Atuamos na arte, na política pública, na cultura… Estamos construindo um modelo de transformação social. Não se trata de um invento, de uma criação. Somos parte de um movimento colaborativo imenso.

De uma imensidão de comunidades de desenvolvedores de softwares. De blogueiros, de linkadões espalhados pelo mundo com objetivos semelhantes na produção colaborativa. Muita gente ronda pelos bastidores cibernéticos. #marketinghacker 05/10/2006

Colaborar significa criar para as sociedades. Colaboração tem a ver com o tempo, pois colaboramos com as gerações passadas, dando continuidade, modificando, melhorando ou piorando os projetos. Mas colaboramos também com as próximas gerações. Colaboração é processo, trata-se de fazer acontecer independentemente do retorno financeiro a curto prazo. É esta a grande novidade. A metodologia de trabalho é simples e virtual, ou seja, qualquer pessoa com um computador conectado à rede e com um pouco de conhecimento tem a possibilidade de participar voluntariamente do espaço informacional. #marketinghacker 05/10/2006

(…) Os ‘ciberpunks’ são os inventores, escritores inovadores, artistas tecnofronteiriços, diretores de filmes de risco, compositores da mutação icônica, livre-cientistas tecnocriativos, visionários dos computadores, ‘hackers’ elegantes, videomagos, todos aqueles que ousadamente armazenam e guiam ideias para lá onde os pensamentos nunca chegaram antes ‘through seas never sailed before

Timothy Leary
(Augusto de Campos >> traduzo: por mares nunca dantes navegados, como diria o pré -ciberpunk Camões)
em Do caos ao espaço liberal, por Augusto de Campos, Mais! – caderno da Folha de São Paulo. #marketinghacker 10/11/2003

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s