MadMax, o espirito do nosso tempo

mad-max-mel-gibsonEu tinha um amigo que dizia que na estrutura de governo, em quaisquer das instâncias, era um deserto. No sentido da escassez de recursos humanos que habitam a maior zona do planeta brasil. Eu sempre concordei com essa afirmação. A ideia de deserto me ampliou os argumentos que estamos vivendo o MadMax, o espirito do nosso tempo.

Não vejo nenhuma solução política para uma transformação social. Quando comecei a escrever sobre o impacto da Internet na sociedade acreditava que as relações em rede podiam catapultar a humanidade para uma fase hacker. Ledo engano. A Internet cresceu, as pessoas ganharam voz e se venderam ao capitalismo digital. Resta pouca sombra da revolução digital que destruiu a burguesia da indústria de softwares, da indústria fonográfica e sei lá quantos mercados que foram detonados ao som da banda larga. E nós ficamos apenas com a sequela.

Como diz uma outra amiga… entre os pessimistas sou até que otimista. Vejo ainda com bons olhos o crescimento exponencial de coletivos de ação: mulheres que se organizam para reinvidicar os direitos, os ciclistas que querem mais ruas livres para pedalar ou até aqueles menos engajados que estão mais afins de fazer arte, música e deixar a marca entre gifs e pixels.

Acredito que as possibilidades se expandem em busca de uma nova civilização.
Mas também sei que vai ser muito difícil desmontar as instituições que se consolidaram durante a era industrial. O deserto tende a se preservar.

Bem, os recursos estão se esvaindo. Falta água, luz e honestidade (em todos os sentidos) para lidar com tudo isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s