Las piernas y los 50 reales

piernas

No feriado saí com minha querida amiga Mercedes para uma sessão de fotos pelas ruas de São Paulo. Mercedes no seu tempo de Montevideu foi uma modelo de pernas. Daquelas que cruzam suas perninhas compridas e finas e deixam as mulheres e os homens com vontade de comprar os sapatos oferecidos numa propaganda qualquer.

piernas1

Eu queria capturar apenas relances das perninhas que se libertam a cada passo. E nada mais.

Eu, que não sou fotográfo, fiz a minha parte ‘um eterno senta e levanta’. Busquei o melhor ângulo. O melhor recorte e etc…. as posições naturais para os fotográfos habituais.

piernas4

Logo, fui traído pela falta de condição física e pelo bolso. Este cuspiu uma nota de R$ 50 para viver noutras paragens. Deseseperei 😉

Mas como a vida sempre nos traz surpresas, dei uma chance ao otimismo. Ao invés de expiar os demônios e me auto-punir pela burrice da perda. Preferi continuar… caminhar e cantar.

piernas3

Fingi que nada tivesse acontecido. O prazer da arte é imensamente maior do que a perda de cinquenta contos. Tudo resumido em apenas 6 fotos, ou seja, oito e pouco por foto. Ai que enjoo me dá o açucar do desejo.

piernas5

Bem,

Chorei, não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim, não precisava
Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava
Um homem de moral não fica no chão
Nem quer que mulher
Lhe Venha dar a mão
Reconhece a queda e não desanima
Levanta, sacode a poeira
dá a volta por cima

piernas2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s