Loucos por ferramentas

525295_10150654715798061_928742791_nSinceramente, não consigo entender a tendência de se relacionar com o mundo virtual pelo uso qualificado das ferramentas. Tem sido assim desde que a web é a web. Desde que, para se apropriar do espirito do tempo, precisamos estabelecer o acesso através do uso insano de ferramentas.

Não é bem assim. A sede pelos aplicativos, fantásticos atalhos que temos a disposição para romper a barreira cibernética, não é uma necessidade. É apenas modismo. Ou melhor, é apenas uma grande enganação do mercado produtor. Faz com que os pequenos mortais acreditem que é importante ficar atualizado com as últimas tendências que costumam desaparecer da noite para o dia. Não se enganem, os aplicativos não são precisos.

No instagram, ou mais especificamente na onda de que cada pessoa carrega consigo uma câmera, percebemos a sede louca pelos aplicativos. Não vejo muitas diferenças entre eles. Além da apropriação, da vontade de aprender e de  que trazem alguns recursos juntos e assim, podemos economizar um pouco de tempo de pós-produção. Mas, na verdade, podemos emular quaisquer filtros com o conhecimento das possibilidades. Uma visão macro que favorece aquele que sabe o que está fazendo e não deixa que o software seja o mestre.

Este é mais um processo que costumo chamar de gambiarra, ou seja, a solução de problemas com as ferramentas que se tem à mão.  Aliás, dá-me uma chave de fenda é meia-dúzia de idéias velhas e transformarei o mundo. Não preciso nada mais do que isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s