A volta dos políticos pornográficos

alckimin_resultEm 2013 eu comecei a pensar nos políticos pornográficos após ver um trabalho de Jonathan Yeo que retratou o Bush numa colagem de revistas pornográficas. Essa referência me ajudou a desenvolver a pesquisa com os metapixels.

No primeiro momento, eu já havia selecionado uma base de imagens. Fiz download de milhares de imagens no google usando as palavras-chave: sexo, porno e outras mais que representam conceitualmente a pornografia.

Estas imagens foram preparadas, cortadas e escaladas para 50px X 50px. A base de imagens foi chamada de ‘porno_prepared’.

 Btw, todo o ambiente digital que utilizo para desenvolver as imagens são softwares livres, como: linux, gimp, inkscape, e principalmente o metapixel, um software em modo texto, onde com alguns paramêtros e configurações, cria um fotomosaico a partir de uma imagem matriz, no caso a imagem principal do político. A execução do metapixel faz a metapixelização com a base dados escolhida, a porno_prepared. Assim, começou os políticos pornográficos.

A volta dos políticos pornográficos é um retorno de um foco na política da multidão, as zonas autonomas temporárias ou TAZ para os íntimos da filosofia de Hakim Bey.  Um terrorismo poético que explica a emergência de movimentos como passe livre que se estabelece como uma ação política impermanente. A participação é da multidão.

É também uma reflexão sobre a abundância da informação e as possibilidades que temos para se apropriar dessas informações para produzir subjetividade. No entanto, temos alguns debates ainda em aberto sobre a cultura do remix. Os limites estão indefenidos para todos os lados. O desvelamento de uma base de dados de ponografia, além da crítica óbvia, é o chamamento para um debate sobre copyright, copyleft, privacidade e as redes sociais que se constituem.

Mas, na boca pequena é apenas uma desilusão profunda num sistema político que não representa nada. É tudo uma grande farsa que, com certeza, não vai nos levar muito longe. A humanidade não deu certo.

Os políticos pornográficos é sobre essa suruba. É um grito: tá foda!

mais imagens na galeria

Anúncios

Uma resposta em “A volta dos políticos pornográficos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s